domingo, 29 de maio de 2011

MANIFESTO POR UM RN DE LEITORES


Como proposta da Disciplina 'Leitura e Produção Textual', que estaremos ministrando no pólo da UVA, município de Parelhas, a partir do próximo sábado, dia 04/06, contemplaremos em nossa proposta de trabalho, um movimento em prol do Manifesto por um RN de Leitores, onde iremos sensibilizar nossos alunos para ampliarmos no município de Parelhas, a cultura da Leitura Literária; com esse trabalho, os alunos estarão aderindo ao manifesto com suas assinaturas e divulgando e aplicando no interior de suas casas e escolas o 'vício pela leitura literária'.

Para tanto, disponibilizamos aqui o link de acesso ao manifesto, e na oportunidade solicitamos aos nossos visitantes que o acessem e assinem, e que nao fique apenas na adesão, mas que se possa incluir a leitura literária como atividade rotineira.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

EDUCAÇÃO EM PAUTA!!!

video

Esse vídeo da professora Amanda Gurgel, residente na capital do Estado, foi motivo de muito debate e reflexão no país durante essa semana acerca das políticas educacionais, e em especial, da política salarial do professor. É, portanto, um material que deve ser visto e analisado pelos alunos do curso de pedagogia, para dele tirar encaminhamentos discussivos em salas de aulas. Não basta apenas que levemos as discussões para as bases salariais, mas para a qualidade da educação que estamos produzindo.

É indiscutível que a política salarial do magistério em nosso país é vergonhosa, mas mais vergonhoso ainda, são os resultados produzidos pela educação nacional. E em especial o número de analfabetos, para termos uma ideia, segundo dados do IBGE (1996), o número de analfabetos no Brasil no ano de 2001 era de 16.294.889. Nesse sentido, é importante também, analisarmos os dados de evasão e repetência das duas regiões brasileiras de maiores percentuais, no Norte, 27,3%; Nordeste, 27,5%.

Quanto à questão da distorção idade/série, em 2001, dados do IBGE, na 5ª série, 50% dos alunos matriculados estavam em distorção idade/série, o que representaria dizer que apenas metade dos alunos matriculados na 5ª série no Brasil, estavam em idade certa para cursar a série, entre 10 e 11 anos; e podemor ir mais longe em nossa análise, na 8ª série, no mesmo ano, 45,7%;  na 1ª série do ensino médio, 5,8% e na 3ª série, 50,8%.

Diante desses números, é muito importante que os nossos governantes considerem o grito de socorro da professora Amanda Gurgel, que faz em nome da escola pública, e nós enquanto estudantes do curso de pedagogia e professores, que possamos refletir e analisar até onde estamos contribuindo para que esses dados vergonhosos mostrem o resultado de nosso trabalho. Será que todos esses dados negativos se justificam pela questão salarial?

E por fim, a remuneração dos professores, além de ser muito baixa, registra claramente as desigualdades regionais, não havendo um piso nacional que seja realmente cumprido e respeitado, tampouco uma carreira unitária docente, ficando os professores a mercê dos condicionantes econômicos das regiões, Estados e municípios. Os docentes do Nordeste, em todos os níveis, têm os menores salários, conforme tabela que segue:

Unidade da
Federação
Salário Médio dos Docentes (em R$)
Total
Educação Básica
Infantil
Ensino Fundamental
Ensino Médio
1ª  a  4ª
5ª  a  8ª
Brasil
529,92
419,48
425,60
605,41
700,19
Norte
456,52
322,01
360,77
586,37
735,46
Nordeste
297,18
195,00
231,17
372,41
507,82
Sudeste
686,31
587,00
613,97
738,57
772,09
Sul
558,98
464,96
460,12
594,44
683,03
Centro-Oeste
573,76
573,64
447,55
584,20
701,79

Fonte: MEC/INEP


As escolas também não oferecem boas condições físicas e tampouco estão aparelhadas para o trabalho escolar. em 2001, 44,4% dos alunos do ensino fundamental não tinha acesso à biblioteca e 62,4% a quadras de esportes.

 

domingo, 22 de maio de 2011

DICA DE FILME

ESCOLA DA VIDA é um filme que relata a chegada de um novo professor na cidade e ele está fazendo um verdadeiro furacão na Fallbrook Middle School. Ele é atraente. Ele é legal. Ele é informal. (Ele não apenas ensina a Guerra Civil, ele a reencena). Os alunos amam o Sr. D (Ryam Reynolds). Os professores o admiram... exceto Matt Warner (David Paymer), o ansioso professor de biologia que sonha em ganhar o prêmio de Professor do Ano, por seu pai ter ganho por 43 temporadas seguidas. Mas com o novo professor em cena, a possibilidade se torna difícil.

Assista! É um bom filme para refletirmos sobre a educação brasileira nesse momento em que a mída tem dado todo o foco; é importante que nesse momento em que a educação nacional luta por política salarial condizente à profissão, que analisemos também, o que realmente estamos fazendo nas salas de aulas, na condição de educadores.




VISiTE ACARI!!!

video

Sangradouro do Açude Mal. Dutra, em Gargalheiras - Acari-RN
Vista da parte interna do açude
 Orgulhosamente, apresentamos a cidade mais limpa do Brasil, que está em festa neste fim de semana  recebendo filhos da terra e visitantes para apreciarem uma das Maravilhas do RN, o sangradouro do Açude Marechal Dutra localizado a 3km da cidade.

Aproveitamos, aqui o nosso espaço para divulgar e convidar todos os nossos alunos a visitarem a cidade de Acari e dar uma esticada à comunidade Gargalheiras, onde está situado o açude.









segunda-feira, 16 de maio de 2011

TCC EM SANTA CRUZ

O professor Josias Ivo de Sousa está ministrando a disciplina TCC - Trabalho de Conclusão do Curso, na turma 2008.1, pólo de Santa Cruz, orientando 34 alunos na Prposta de Intervenção Socioescolar, como atividade de conclusão do Curso de Pedagogia, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú.

Um dos objetivos da disciplina é orientar o aluno quanto aos registros e execução da proposta de intervenção socioescolar, com o uma alternativa sistematizada pelo orientando para solucionar o problema/objeto de estudo.

Os temas abordados pelos alunos giram em torno de: Jogos e Brincadeiras, Inclusão Escolar, PROERD, Gestão Escolar, Indisciplina na Escola, Afetividade, Conselho Escolar, Literatura Infantil,  Contos de Fadas, Música no Ensino Infantil, Educação Familiar x Escola, Leitura, Educação Ambiental, Avaliação da Aprendizagem, Educação do Campo, Sexualidade na Adolescência, Educação de Jovens e Adultos, Letramento, Saúde Bucal, Folclore, Educação para o Trânsito, Tecnologia na Educação e Desenvolvimento Psicomotor. Todos esses temas estão direcionados à educação básica, tendo em vista os alunos já desenvolverem um trabalho de campo, onde coletaram dados e informações nas escolas campo de estágio e no momento estarem com a execução da proposta de intervenção sociescolar.

No momento, os alunos estão sendo orientados na produção da proposta de intervenção pelo referido professor, e a conclusão das atividades acontecerão no final do mês de agosto, e a defesa acontecerá no final do mês de setembro, momento em que os alunos serão submetidos à apreciação de uma banca de três professores que analisarão e avaliarão as defesas dos trabalhos, para otenção do grau de pedagogos.

Os encontros estão acontecendo mensalmente, onde o professor se desloca à cidade de Santa Cruz, e passa dois dias em atendimento de orientação individualizada para os possíveis reajustes das produções. No momento, os alunos estão produzindo o segundo capítulo da proposta de intervenção, conforme as orientações do professor, que por sua vez estão pautadas na ABNT, e nas orientações da Universidade Estadual Vale do Acaraú.




sábado, 14 de maio de 2011

ALUNOS DA UVA, PÓLO CURRAIS NOVOS, VISITAM PARQUE TEMÁTICO MINA BREJUÍ

Sob a coordenação do Professor Josias Ivo de Sousa, ministrante da disciplina Psicologia Institucional, aconteceu no dia 14 de maio uma viagem de estudos com os alunos da turma 2010.2, do Curso de Pedagogia, da Universidade Estadual Vale do Acaraú, pólo de Currais Novos ao Parque Temático Mina Brejui, cuja finalidade foi de conhecer a história de gestão da referida mina.

No decorrer das atividades, os alunos visitaram o subsolo, memorial, e dunas, que resultam da extração do minério e são alocadas num espaço destinado a esse fim.

A Mina Brejuí tem uma grande participação no desenvolvimento socioeconômico do município de Currais Novos, uma vez que foi a partir dela que com a produção da scheelita, Currais Novos tornou-se conhecida mundialmente.

A visitação ao subsolo serviu para que os alunos pudessem refletir acerca da profissão do minerador, que tira o seu sustento das riquezas minerais que a Terra oferece. Nesse ínterim, também, foi possível conhecer de perto os perigos enfrentados pelos profissionais que atuam na profissão. De qualquer forma, todos passaram pela sensação de estarmos embaixo da terra, e pudemos perceber como se forma o espaço terrestre em que habitamos.

A Mina Brejuí é o local onde a Mineração Tomaz Salustino S.A. iniciou e dedicou toda a sua história à extração, beneficiamento e comercialização de scheelita (CaWO4). A empresa, que havia paralisado suas atividades minerais em 1997, voltou a produzir em 2005 e já é líder na produção regional. Juridicamente, é uma sociedade anônima de capital fechado (constituída pelos herdeiros do Desembargador Tomaz Salustino Gomes de Melo), representados no Conselho de Administração formado por dez (10) Conselheiros, cada um representando 10% do seu capital. A atual diretoria é formada pelo médico Carlos Dutra – Diretor Presidente, engenheiro Tomaz Salustino - Diretor - Industrial e administrador Rogério Barreto - Diretor Financeiro.

A Mina Brejuí é o local onde a Mineração Tomaz Salustino S.A. iniciou e dedicou toda a sua história à extração, beneficiamento e comercialização de scheelita (CaWO4). A empresa, que havia paralisado suas atividades minerais em 1997, voltou a produzir em 2005 e já é líder na produção regional. Juridicamente, é uma sociedade anônima de capital fechado (constituída pelos herdeiros do Desembargador Tomaz Salustino Gomes de Melo), representados no Conselho de Administração formado por 10 (dez) Conselheiros, cada um representando 10% do seu capital. A atual diretoria é formada pelo médico Carlos Dutra – Diretor Presidente, o engenheiro Tomaz Salustino – Diretor Industrial, e o administrador Rogério Barreto – Diretor Financeiro.

Com as informações adquiridas, os alunos puderam vivenciar fatos e gestão da empresa para associarem à teoria aplicada na disciplina Psicologia Institucional, que ora se encerra.









terça-feira, 3 de maio de 2011

PESQUISA APONTA PERFIL DO GESTOR CURRAISNOVENSE

Por iniciativa do Professor Josias Ivo de Sousa, da Disciplina Psicologia Institucional, na turma 2010.2, da Universidade Estadual Vale do Acaraú, os alunos saíram em campo com o objetivo de entrevistarem 250 profissionais do município para ouvi-los a respeito de como vêem os gestores na atualidade. Conforme resultado da pesquisa, dos profisisonais entrevistados, verificou-se que:

Na questão Como você vê o(a) seu(a) chefe(a)?

- 123 responderam que o perfil gestor é DEMOCRÁTICO;
- 67 responderam AUTOCRÁTICO e
- 17 que são LAISSEZ FAIRE;

Você acha que a instituição que você trabalha tem o gestor que merece?

- 95 disse que SIM;
- 68 que NÃO;
- 42 EM PARTE.

Quem é o chefe de sua empresa/istituição?

- 100 disse que eram HOMENS;
- 98 que MULHER.

Diante das análises a partir dos resultados, ficaram constatados alguns pontos importantes: que a mulher a cada dia tem assumido mais papéis de gestão, se igualando praticamente ao homem; que a visão e necessidade atual está levando os gestores a adotarem uma nova postura diante da gestão, dando abertura à democracia, apesar de ainda dispormos de um bom número de gestores com perfil autocrático, e até um número significativo de laissez-faire. Percebu-se ainda, que segundo os entrevistados, as instituições demonstram características do gestor que está à sua frente, sejam nos aspectos positivos, sejam negativos, de qualquer forma prevalece o dito popular, que a casa expõe as caracteristicas de seu dono.

A partir desse trabalho desencadeamos outros estudos com os alunos envolvidos, no sentido de analisar os papéis masculino e fmeinino frente à gestão, observando quem cede mais, demonstra maior equilibrio emocional e consegue conduzir a empresa/instituição num clima organizacional acolhedor e humanizado.